sábado, 28 de fevereiro de 2015

Qual o tipo de habitação adequada para as galinhas poedeiras?


Qual o mais importante: o ovo ou a galinha?

Se você é um criador de quintal ou possui uma empresa, o tipo de habitação de suas galinhas afeta tanto a saúde quanto a produção de ovos. Existem diferentes modelos para criar as galinhas poedeiras, cada um com prós e contras. Após fazer a análise, você poderá decidir qual o melhor tipo de habitação para suas aves.
Outras pessoas estão lendo
Doenças em galinhas poedeiras
Tipos de galinhas poedeiras

Gaiola convencional

Provavelmente você já viu fotos de armazéns onde as galinhas são mantidas em ambientes fechados e aglomeradas em pequenas gaiolas de arame com cerca de 0,04 metros quadrados de espaço por ave. Não há espaço suficiente para o animal abrir suas asas ou se virar. O objetivo desta habitação apertada é maximizar o lucro em detrimento do bem estar do animal. Esta prática foi recentemente posta em questão porque favorece a produção de ovos ou carne em detrimento da qualidade de vida das galinhas.

Gaiolas enriquecidas

Normalmente usada em qualquer lugar desde cooperativas de fundo de quintal até grandes fazendas, esse tipo de moradia oferece um espaço maior, com cerca de 0,4 metros quadrados por ave. Ela pode ter várias formas e tamanhos, mas é sempre equipada com poleiros, áreas de nidificação e materiais de alimentação. Anexado a ela, fica uma área cercada onde as galinhas podem fazer o que naturalmente fazem por instinto, incluindo a captura de insetos, exercícios e ciscar o solo.

Habitação sem gaiola

Também é possível notar a criação de galinhas andando livremente por uma paisagem verde, o que nem sempre é adequado. Embora tenha sido criado com a melhor das intenções, isto ironicamente resulta na menor produção de ovos e em baixas condições de saúde. Esse tipo de habitação precisa permitir que as galinhas tenham acesso a poleiros, ninhos e tenham um meio de sair do local. Ainda assim, as indústrias praticam a superpopulação de animais. Na Europa e no Reino Unido, o contato com o chão resultou em galinhas contraindo bactérias e na propagação de doenças mais rapidamente, já que nas fazendas não é fácil separar um animal do outro.

A melhor habitação

A habitação das galinhas deve mantê-las aquecidas no inverno e frescas no verão, além de protegidas dos predadores a todo tempo. Deve haver água e comedouros cobertos, bem como uma área cercada ao ar livre para que possam visitar diariamente. A gaiola deve permitir cerca de 0,4 metros quadrados por ave, não muito mais ou menos. Também serão necessárias caixas para servir de ninhos e mantidas acima do nível dos olhos delas, para que ponham seus ovos. Acima de tudo, a saúde dos animais jamais deve ser sacrificada para produzir mais ovos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário