sábado, 28 de fevereiro de 2015

Doenças em galinhas poedeiras



Tenha cuidado para evitar a propagação de doenças nos viveiros

Doenças em galinhas, especialmente em galinhas poedeiras, podem ser prevenidas na maioria dos casos através de boa higiene e cuidados com o ambiente. Manter a área livre de detritos e água parada, assim como fazer a limpeza dos reservatórios de alimentação e água com uma freqüência regular, irá ajudar a evitar muitas doenças que são comuns para as galinhas.
Outras pessoas estão lendo
Maneiras de aumentar a produção de ovos de galinhas poedeiras
Tratamento para diarréia branca bacilar em galinha

Doenças respiratórias

As doenças respiratórias em frangos podem ser difíceis de diagnosticar porque a maioria dos sintomas são os mesmos de outras doenças. Geralmente, há um corrimento nos olhos ou nariz, dificuldade respiratória e, em alguns casos, respiração audível. Em todos os casos, as galinhas poedeiras terão sua produção de ovos reduzida. Varíola aviária, também conhecida como difteria aviária ou úlcera, é uma doença muito comum em aves domésticas e selvagens, não apenas em galinhas poedeiras. A varíola aviária é transmitida por mosquitos, por isso os esforços para controlá-los na área próxima é uma boa medida preventiva. Doença de Newcastle e Aspergillose são altamente contagiosas entre aves e podem ser transmitidas aos seres humanos. A bronquite infecciosa é uma doença específica de galinhas e também é altamente contagiosa. Esta e a Doença de Newcastle são transmitidas pelo ar e também podem ser contraídas pelo contato com a infecção em sacos de ração, caixas sujas e equipamentos, bem como o contato com aves infectadas. Aspergillose é causada por um fungo que pode ser encontrado em lixo contaminado e materiais para ninhos. Também pode estar presente na água e nos alimentos. Não há cura para aves infectadas com Aspergillose. Evite usar materiais de serragem ou areia que contenham raspas. Não use raspas de madeira que foram molhadas.

Doença de Marek

Doença de Marek é uma forma de câncer aviário. Os tumores crescem dentro do frango, causando uma variedade de sintomas, dependendo dos órgãos afetados. É um vírus transmitido pelo ar que vai contaminar as outras galinhas. Não existe tratamento. As galinhas que têm o vírus no sangue irão carregá-lo por toda a vida e ser um veículo de transmissão da doença.

Estafilococos
Estafilococos são bactérias que causam uma doença transmitida pelo solo. Galinhas podem ser infectadas caso bebam de poças de água da chuva depois de uma tempestade. Esses organismos podem passar para o ovo e deixá-lo podre. Outros sintomas incluem diminuição na produção de ovos, claudicação, apatia e diarreia. Tratamentos com antibióticos são eficazes contra essa doença. Remover objetos pontiagudos do ambiente do frango, para evitar lesões, e objetos no solo que possam acumular a água da chuva pode ajudar a evitar um surto dessa doença.

Encefalite equina
Ao contrário que o nome da doença sugere, as aves são as que mais sofrem com o vírus da encefalite equina (EE). Ele é transmitido principalmente por mosquitos infectados, mas também podem ser contraídos no grupo através do canibalismo de galinhas infectadas. Não existe tratamento para a EE. Remova as áreas de reprodução do mosquito na área próxima e retire imediatamente galinhas mortas ou doentes para prevenir que a doença se espalhe.

Síndrome da Queda de Postura
A "Síndrome de Queda de Postura" é uma doença crônica que afeta aves poedeiras. Ovos de casca marrons são especialmente suscetíveis a essa síndrome. Embora ocorra em todo 

Nenhum comentário:

Postar um comentário